quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Review 2x01 - "Four Months Later"

Ehhhh... mais um novo episódio de Heroes começa, mas a música de fundo continua a mesma. Já está meio repetitivo.

Depois de 4 meses Heroes retorna com “Four months later” ou simplesmente “Quatro meses mais tarde”. A sensação que se tem ao assistir esse primeiro episódio é a que essa temporada promete ser tão boa, ou melhor, do que a primeira.

O texto a seguir contém informações reveladoras sobre este episódio. Se você não quer saber o que vai acontecer no começo da segunda temporada de Heroes, não leia adiante.

Vamos aos comentários!

Ambientações novas e outras conhecidas. Destinos que cruzaram antes agora seguem unidos. Um bom exemplo disso é a dupla Matt e Mohinder. Eles cumprem com o prometido e cuidam de Molly, que mostra um pouco mais do pior vilão que está por vir. Matt, que havia terminado a temporada passada baleado, se mostra recuperado fisicamente, mas não emocionalmente. Ele se divorciou da esposa, que provavelmente ainda espera um filho dele. Mas lá está Molly e um apóia o outro.

Mohinder deu uma de louco, literalmente. Mas tudo tinha um motivo. A trama dessa temporada agora começa a se formar. Mohinder, Matt e Bennet se unem para desmantelar a “Companhia” que começa a mostrar sinais de desgastes com ameaças a 2 membros, conhecidos do público. Se na temporada passada o lema era “Salve a Líder de Torcida, Salve o Mundo” desta vez parece ser “Destrua a Companhia, Salve o Mundo”. Quem mais se unirá nessa batalha?

Hiro foi o anfitrião dessa temporada. Ele esteve nos primeiros minutos da nova saga, mostrados na temporada passada. A novidade é a descoberta que seu herói de infância, Takezo Kensei é na verdade um britânico que adora beber, e luta por aqueles que o pagarem mais. Muito heróico, não? A missão de Hiro agora é a de corrigir seus erros no passado, literalmente. Ele salva o dublê de Takezo, mudando o rumo da história do Japão, podendo assim alterar o futuro. Vale lembrar que no presente Hiro está desaparecido a 4 meses, mas no passado feudal nenhum dia sequer passou desde que Hiro chegou. Parece que boa parte da ação de Hiro nessa temporada se dará neste ano de 1671, e quem sabe quando ele voltará para o presente, talvez para um momento decisivo.

Claire e os Bennets (agora Butler) se mudam para o sul da Califórnia e chega o momento em que Claire deve encarar “as águas cheias de tubarões do colegial”. Ela faz de tudo para se manter imperceptível, mas parece ser seu talento natural ser o centro das atenções. Já imagino que Claire irá fazer mais barulho na “CostaVerde” (o nome de sua atual escola e cidade) do que ela fez em Odessa. Nem Noah conseguiu mudar velhos hábitos, e já colocou seu chefe no lugar.

West, que já era anunciado a um bom tempo nos spoilers internéticos (tá, isso não existe, eu inventei) parece corresponder ao bom garoto que irá se interessar por Claire e que também tem um poder. O mesmo poder do pai de Claire, que de certa forma, sobreviveu a explosão.

E falando nele, me digam o que aconteceu com Nathan? Mais parece um mendigo do que um candidato ao senado. Aliás, mais do que isso, porque ele realmente venceu as eleições, mas parece não ter se importado nem um pouco. A suposta perda de Peter separa as famílias e as unem ao mesmo tempo. Claire sente a perda, assim como Nathan. Parece que só Angela não está nem aí.

Já deu pra perceber que esta temporada está recheada de histórias paralelas, que de alguma forma estão interligadas e que podem se colidir. Uma delas é dos gêmeo hondurenses. Seja lá o que for os poderes deles (ou apenas de Maya) é algo realmente grave. Será que encontrarão Mohinder antes de algum oportunista?

No final descobrimos onde Peter foi parar. O porquê e como ainda serão respondidos. Os arcos dessa temporada se mostram mais complexos e diversos. Onde andará Sylar? Quem é o “bicho-papão” pior que Sylar? Qual o plano de Bennet, Matt e Mohinder? Será West alguém confiável? O pai de Hiro realmente morreu? E Angela será mesmo a próxima? Quem são os outros 9 líderes da Companhia? O que aconteceu com Peter após a explosão? Da onde veio aquele colar? Quem são os irlandeses que o encontraram? Onde estarão Niki e Micah? Será que Jéssica realmente se foi? E D.L.? Quando Hiro irá voltar do passado? Ele irá conseguir consertar seus erros?

Tantas dúvidas e mais 10 episódios para as respostas. De todas elas? Pelo menos de uma boa parte, tenho certeza. E olha que ainda tem personagens importantes para aparecerem e levantarem novas dúvidas.

Até a próxima!

2 comentários:

  1. Katia8:00 PM

    Como eu ainda não consegui ver o primeiro episódio, fiquei satisfeita em ver o detalhamento com q vcs contaram o q aconteceu. Vlw msm!!

    PS: Como faço para conseguir baixar o episódio??

    ResponderExcluir
  2. Eu achei bem mais ou menos a volta de heroes, mas com certeza vai esquentar ainda !

    ResponderExcluir

Spams e publicidade indesejada serão apagados. Fique a vontade para fazer observações, críticas, elogios e tirar dúvidas.