sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Beeman’s Blog 3x10

Praticamente a cada episódio de Heroes o produtor executivo Greg Beeman faz um post em seu blog relatando diversas curiosidades dos bastidores e do processo de produção do episódio. Eu geralmente só vejo as imagens, mas achei este último em questão bem interessante, pois além de ter sido um dos episódios que ele dirigiu, há diversas passagens divertidas da gravação que ele relata. Ao invés de fazer apenas uma tradução do post (que é bem grande, diga-se de passagem) fiz uma espécie de relato do texto de Greg Beeman, com as partes mais importantes. Você pode ler o original aqui no blog dele.

BEEMAN’S BLOG - SEASON 3 - EPISODE 10

“THE ECLIPSE - PART 1”


Greg Beeman faz um grande post sobre o episódio 3x10 "The Eclipse: Part 1" já que foi ele quem dirigiu. Beeman afirmou que se sentiu realizado com o resultado final, pois um dos maiores desafios como diretor é conseguir exprimir em vídeo o que você tem em mente. Uma parte desse sucesso foi o bom entendimento que ele teve com a editora desse episódio, Lois Blumenthal, que o surpreendeu com a primeira montagem que fez com as cenas. Foi a que vimos no ar. Mas ele gosta de lembrar que no final o que vale é o que os fãs pensam.

Uma das maiores dificuldades em produzir esse episódio foi lidar com o eclipse. Ele e o diretor de fotografia Nate Goodman passaram boa parte do tempo discutindo o tratamento das luzes, como seriam as luzes no exterior, no interior, diretamente sobre a cena, ao fundo. É realmente complicado passar a imagem de uma escuridão como a de um eclipse, que não é totalmente escuro como a noite, nem há uma fonte de luz direta em contraste para ser trabalhada. A finalização destas cenas ocorreram apenas poucos dias antes do episódio ir ao ar, onde todas as imagens são passadas por um processo de colorização que dá o toque final ao tom de cores e de luzes e sombras.

Outra questão importante seria a durabilidade do eclipse. Beeman disse que tiveram que sair da realidade, pois vemos o eclipse por igual em várias partes do mundo, e com uma duração longa, impossível no campo da realidade. Cada parte do mundo vê o eclipse por um estágio diferente, mas na série todos viam da mesma forma, independente de onde estavam.

Ainda falando do eclipse, Beeman usou uma estratégia muito interessante ao filmar algumas cenas, que nem todos podem notar. Filmar os personagens com um plano de fundo luminoso, funcionando como uma espécie de bloqueio a aquela luz e assim se aproximando da imagem de um eclipse. Isso pode ser notado nas cenas de Claire e HRG na casa do "vortex” e de Tracy conversando com Arthur, onde há um movimento circular da câmera em torno desses personagens. Esse movimento seria uma alusão ao antagonismo dos personagens.

E outro desafio para as filmagens foi criar a ambientação do Haiti, pois há poucos lugares em Los Angeles com uma mata densa. O local escolhido foi o Los Angeles Arboretum em Pasadena. Se trata de meio acre de terra com um grande lago e uma mata fechada, usada para gravar outras séries como a “Ilha da Fantasia” e “Giligan's Island” (ambas dos anos 70). A dificuldade maior é que há um grande cuidado com a vegetação, eles não podiam andar por entre elas, por causa do risco de danificação, então tiveram que trazer suas próprias plantas (palmeiras e arbustos) para serem usadas nas cenas em que os personagem passavam muito perto delas.

Uma das cenas prediletas dele na selva, foi com a briga entre Peter e Nathan. Seria uma cena bem mais violenta, com mais gritos, mas a interação entre os atores falou mais alto e maneira suave de Adrian Pasdar (Nathan) em lidar com esse tipo de situação, acabou vencendo a força. A fala de Nathan “Eu sou um senador dos EUA e você é um enfermeiro” era para ser gritada, mas a forma calma como Adrian fez ficou bem melhor.
E uma informação um tanto engraçada. Milo e Adrian usam o que chama de técnica do “tapa”. Antes do início da cena eles ficam dando tampas nas nucas um do outro. Parece que a técnica serve para dar mais emoção nas cenas em que eles discutem. Greg Beeman disse ser muito engraçado ver os dois patetas fazendo isso, enquanto ficam se xingando mutuamente.

Outra curiosidade interessante. Na cena em que estão Hiro, Ando, Matt e Daphne no apartamento do Mohinder e eles olham para a HQ e vêem a si mesmos naquela mesma posição, Greg Grunberg (Matt) estava com a mão numa posição muito estranha, mas que ele deixou daquele jeito para ficar igual a ilustração feita por Tim Sale. Ele diz que sempre tentam imitar da melhor maneira possível a imagem desenhada, mas desta vez a mão estava numa posição muito estranha, mas mesmo assim o Grunberg conseguiu segurar a posição em cena. Eu tirei algumas prints, como o próprio Beeman sugere para fazermos com nosso “Tivo” (ok, não temos tivo, mas podemos fazer isso):


Outra cena divertida foi a do campo de milho, onde Hiro joga espigas em Matt. Beeman disse que riu muito dos atores na gravação e como tem um filho de 10 anos, adicionou um toque a mais a cena, com Masi fazendo barulhos dos milhos “voando” em direção ao Greg.
E a cena dos milhos foi em grande parte filmada num fundo verde, já que não havia originalmente nenhuma plantação de milho próxima a casa. Nas cenas em que vemos a casa todos os milhos ao redor foram adicionados digitalmente.

Vamos a fotos tiradas dos bastidores, juntamente aos comentários do próprio Greg Beeman. Para ve-las no blog original clique aqui, onde você também pode ver em tamanho maior.



"Sendhil e eu fazendo comentários para a versão on-line do episódio. Ei! Você pode assistir agora mesmo se quiser na NBC.COM"
- infelizmente nós brasileiros não podemos, já que o acesso é permitido apenas nos EUA.


"Roteiristas Aron Eli Coleite e Joe Pokaski discutindo técnicas de direção segura (diretor de fotografia Nate Goodman abaixo no canto esquerdo)."


"Adrian e Milo contemplando a selva."


"Adrian e Milo - passando um tempo na selva."


"O pescoço de Adrian depois de levar uns tapas de Milo"


"Mocinha com uma 'armona'"


"Um novo grupo de canto folk - Ando, Matt e Daphne!"


"Masi e Brea - Auuu"


"Hayden fez aniversário neste episódio - este foi o bolo dela!"


"Hayden deixa claro a equipe que é o aniversário dela e que aquele bolo é só dela"


"Como os atores se preparam para suas grandes cenas parte 1."


"Como os atores se preparam para suas grandes cenas parte 2."


"Zach e eu - em que Zach pondera sobre uma ordem que acabei de dar a ele"


"Masi Smash"
- Ou Masi detona"

"Roteirista Joe Pokaski e Zach Quinto ao redor da supervisora de roteiros Val Norman procurando por uma direção. Val - quem é ela? O que ela faz? Algum dia ainda falo dela no blog."


"Atores convidados Seth Green e Breckin Meyer"


"Masi contempla o destino, a natureza e a relação deles com as HQs"


"Os braços secretos de Zach"


"Jack e Hayden encorporam a seriedade e o estilo das estrelas de TV"


"KB, ZQ e eu"


"Jimmy Jean-Louis se espreitando pela selva"


"Sendhil contempla a vida e a mortalidade e o que diabos aquele corpo aberto nojento e está fazendo na frente dele?"


"Sendhil ganha retoques finais antes de filmar a cena de seu casulo"


"Zach prendendo seu braço postiço"


"Glen Hetrick nosso artista de efeitos especiais de maquiagem depois de apenas 3 horas sendo maquiado"


"Glen e eu discutindo sobre os requerimentos da cena"
- Que maldade, como se não bastasse o cara estar todo zoado ele ainda faz chifrinhos...

"Glen dando uma olhada nos fundos do estúdio"

Um comentário:

  1. Tenho que admitir o post ficou d+ e eu achei o episodio 10 de heroes o melhor da terceira temporada até agora.

    ResponderExcluir

Spams e publicidade indesejada serão apagados. Fique a vontade para fazer observações, críticas, elogios e tirar dúvidas.