sábado, 10 de março de 2007

Review 1x02 - "Don't Look Back"

O review chegou com atraso, mas está mais completo. Vamos nos antecipar para os próximos estarem on-line assim que o episódio for exibido na Universal.


Por Amanda Pina




Matt Parkman, LA

O segundo episódio da Saga apresenta mais um herói, Matt Parkman, que vemos no exato momento em que descobre seu poder. Mesmo ajudando a encontrar uma menininha perdida, Matt se dá mal, não sendo bem visto pela durona detetive que acredita que Matt armou tudo. Pior ainda quando ele menciona o nome de Sylar, quase um segredo entre os forenses.


Niki não olhou para trás

O alter-ego de Niki cuidou de quase todo o trabalho sujo, após matar os capangas de Linderman, deixando para Niki a tarefa de enterra-los. As cenas de Niki nesse episódio são bem interessantes porque temos a exata visão e percepção que ela tem dos fatos. Quando ela apaga, seu outro “eu” toma seu lugar por tempo indeterminado e Niki fica sem saber o que se passou. Mais adiante veremos que o trabalho em conjunto dessas duas personalidades, vai mudar. E veremos também como a outra age quando está no comando.


A explosão

Hiro demonstra que veio mesmo pra trazer humor a série (e mais além disso). Em sua passagem por Nova York, vemos todos os tipos de clichês americanos que ele solta tagarelante pelas ruas “I love New York”, “Go Yankees”, “Britney Spears”. A passagem de Hiro, que inicialmente parece um típico passeio turístico, acaba por revelar fatos decisivos para o futuro dos heróis e do mundo. Primeiro, a revista em quadrinhos feita por Isaac retratando exatamente os fatos vividos por Hiro, desde que descobriu seus poderes. Depois por encontrar Isaac morto de uma forma tão estranha que intriga a própria polícia. E também, por testemunhar a grande mola propulsora dos heróis nesta primeira temporada.: A grande explosão que acontece em NY.


Peter perto da verdade

Depois do tão sonhado e agora concretizado salto, Peter ainda tenta arrancar a verdade de Nathan, que afirma ter sido tudo imaginação do irmão. Mas Peter não desiste e começa a perceber que realmente algo de extraordinário aconteceu. A pista está em seu desenho, que ele fez no hospital, revelando o futuro próximo.
Fica também uma certa dúvida em relação a seu pai. Sua mãe revela que ele se suicidou depois de sofrer de uma profunda depressão. Ele também tinha as mesmas dúvidas que Peter tem, como se fosse invencível. Seria o pai de Peter outro herói? Nada mais comum ter dois filhos com poderes também.


Nem tudo é segredo para Claire

Graças a “amiga” intrometida e metida de Claire, ela não teve que encarar as conseqüências de seu ato heróico, ao salvar um bombeiro do incêndio perto dos trens. Não levou os louros de seu heroísmo em troca de seu anonimato. A troca parece injusta pra ela, mas no futuro isso será fundamental para sua sobrevivência. Seu interesse pelo estado do bombeiro, apesar de não receber os créditos pelo feito, demonstra o crescimento da maturidade da garota, que será muito importante para seu desenvolvimento como heroína.
O seu já misterioso pai, se torna mais intrigante quando vemos que ele sabe das habilidades de Claire. Só não sabemos desde quando, pois a irritação dele pode ser tanto sobre o silencio de Claire sobre o assunto, ou por ela revelar o segredo ao garoto da escola.


Mohinder e a vizinha xereta

Cada vez mais Mohinder caminha seguindo os passos de seu pai. Dessa vez vira alvo de um homem que tenta “grampear” seu apartamento. É salvo pela doce vizinha que diz ser amiga de seu pai. Realmente dá pra desconfiar da menina, mas a essa altura não dá pra se ter certeza de nada e Mohinder decide confiar nela, que demonstra familiaridade com seu pai e seu apartamento. O mais importante é que ela ajuda a Mohinder descobrir que seu pai deixou um programa com a decodificação do DNA dos “seres especiais”.


O símbolo

Neste episódio outro ponto importante para a série em geral, é apresentado. O símbolo de uma hélice cortada do DNA humano. Mas essa hélice, não é como as que vemos em livros sobre o assunto, ela tem um formato diferente. Ela aparece em pelo menos 4 diferentes momentos do episódio:

1- Quando Simone fala com Isaac em seu estúdio, meio quadro aparece (clique nas imagens para amplia-las):


2- Quando Hiro entra no estúdio de Isaac, está pintado em vários quadros :






3- Quando Mohinder abre o programa deixado por seu pai, podemos ver o símbolo desenhado pelos caracteres:




4- Sutilmente mostrado na piscina da casa em que Matt descobre seu poder.



Na época do lançamento de Heroes nos EUA, a NBC fez uma grande campanha mundial espalhando esses símbolos ao redor do mundo. A idéia realmente deu certo, em fãs-sites da série foram publicados diversas fotos desses simbolos, tiradas por fãs.

3 comentários:

  1. Bem bacana o seu blog, Amanda. Parabéns. Passarei sempre por aqui.

    ResponderExcluir
  2. Putz, demorei muitoooo tempo pra perceber que esse símbolo existia rsrs

    Muito bom o estilo do seu review comentando o que acontece com cada um de nossos heroes...

    ResponderExcluir
  3. Adriano10:59 PM

    Assisti o 1º episódeo hoje na Record, muito boa essa série...

    Não sabia dos simbolos, mas notei no computador e no quadro!

    Ótimo Blog! Mantenha sempre ativo!!!

    Abraço

    ResponderExcluir

Spams e publicidade indesejada serão apagados. Fique a vontade para fazer observações, críticas, elogios e tirar dúvidas.